Os 7 maiores erros que se cometem na Lua-de-Mel

October 1, 2019

Depois do "Sim, aceito" e de toda uma festa de casamento, há uma lua-de-mel para aproveitar! Mas calma: há certos erros que devemos evitar quando se trata de organizar uma das viagens mais marcantes dos pombinhos...

 

 

 

1. Marcar a viagem com partida logo no dia seguinte ao casamento.

 

Sim, também me apetecia ter marcado o inicio da lua-de-mel logo para o dia a seguir ao casamento e assim aproveitar melhor os dias da licença, maaaaaaaaas.... O que é que aconteceu no dia seguinte à festa de casamento? Fizemos um brunch com a família e depois passámos o resto do tempo no sofá e a tentar mexermo-nos o mínimo possível...

Por outro lado, ao ires logo no dia a seguir ao casamento de lua-de-mel, é provável que vás a viagem toda a dormir e nem vais dar pela turbulência do avião, a criança a chorar e as dores nas costas.

 

 

 

 

 

 

2. Levar coisas a mais na mala de viagem.

 

Ora então, isto hoje é um texto "faz o que eu digo, não faças o que eu faço". É que se há coisa que não consigo fazer, é uma mala de viagem minimalista, apenas com o necessário. Não... comigo há sempre umas 5 peças que voltam para casa depois da viagem amarrotadas e sujas não por terem sido usadas, mas antes porque a mala ia cheia e depois no fim "esqueço-me" de colocar de um lado o que está sujo e do outro, o que não foi usado... Ainda por cima na minha lua-de-mel podia levar 40 kg de bagagem por isso.... imaginam, não é?


 

 

 

3. Começar a lua-de-mel logo num resort com pouco mais para fazer sem ser apanhar sol e dar mergulhos.

 

Isto vai depender do tipo de lua-de-mel que queiras fazer. Eu, por exemplo, acho que a melhor lua-de-mel é a combinação entre uns dias de passeio e uns dias de descanso. Se assim for, então deves começar primeiro pelos dias de correria e deixares os dias de resort para descansares no final. 

Também está provado que, em qualquer viagem, o que mais fica na memória, são os últimos dias. Por isso, se queres gastar um bocadinho mais num resort fabuloso, marca esse hotel para o final da viagem!

 

 

 

 

4. Pensar que uma boa viagem, tem de ter muitos dias.

 

Sim.... quero muito um dia destes, fazer as malas e ir um mês passear. Acordar e comer o pequeno-almoço de hotel durante um mês, perder a noção de que dia da semana é que estamos... enfim.. um mês inteirinho no laré não me parece nada mal. No entanto, também está provado que, depois de voltares de uma viagem, o que fica na nossa memória, são os melhores momentos. Por isso, mais vale teres uma semana de lua-de-mel recheada de momentos marcantes, do que um mês inteiro com algumas coisas interessantes. Por exemplo, usa o teu plafond para uma semana com experiências novas como andar de balão, jantar naquele restaurante xpto, em vez de gastares o mesmo plafond de forma muito mais controlada porque tens um mês de viagem.

 

 

 

 

5. Não fazer nada. Ou fazer coisas a mais!

 

É bom não fazer nada, não é? Pois... mais mais do que 3 / 4 dias sem nada para fazer, acaba por ser um bocado secante... e acabas por começar a irritares-te com coisas minúsculas.. e aquele hotel que era lindo e maravilhoso, ao fim de 4 dias sem nada para fazer, já não é assim tão interessante... 

Por outro lado, uma lua-de-mel sempre com muuuuuuitas actividades e sempre a saltar de um lado para o outro, vai acabar por ser stressante e chegam a casa mais cansados do que estavam antes da viagem. O objectivo é conseguires fazer um balanço entre as duas coisas. Organizar a viagem para que haja tempo para explorar mas também tempo para descansar e namorar.

 

 

 

6. Não fazer pesquisa sobre o destino da lua-de-mel.

 

Há sítios lindos e maravilhosos mas que, em determinada altura do ano, tornam-se totalmente diferentes por causa do clima ou das enchentes das férias escolares. Imagina ires uma semana de lua-de-mel para um hotel nas Maldivas e depois estar a chover todos os dias? Ou estares a sonhar com as praias paradisíacas das Filipinas e depois ires para lá numa altura de tempestade? Pois..... Bali não era a minha primeira opção de lua-de-mel mas, depois de pesquisar, achei que era o sítio com a probabilidade de apanhar o tempo melhor.

 

 

 

 

7. Não fazer pesquisa sobre os hotéis em que vais ficar.

 

Da mesma forma que deves fazer sempre uma pesquisa sobre o destino da lua-de-mel, por favor, não te esqueças de pesquisar sobre o hotel e quarto onde vais ficar. E não... os bookings e agodas da vida não são o local ideal para veres os hotéis. É que nestes sites, as fotos são sempre lindas e os locais imaculados... mas, se fores pesquisar o mesmo hotel no Tripadvisor, as coisas muitas vezes mudam de figura. Vá.. estás de lua-de-mel... podes mimar-te um bocadinho! Escolhe lá um hotel mais romântico...!

 

 

 

Entretanto, já voltei de lua-de-mel e daqui a uns tempos já conto como foi a viagem! 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

You Might Also Like:

Já conheces a ABVP?

March 15, 2020

Porque quando a pandemia desaparecer, há uma cidade linda que tens de conhecer: Roma.

March 15, 2020

1/15
Please reload

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
Quem é a Rita?

Se fosse possível, não fazia outra coisa da vida: viajar para longe, perto, para um sítio novo ou um que já tenha ido mil uma vezes! O que é bom é pegar nas malas e partir! Espero trazer assuntos e dicas que te passem o "bichinho da viagem" rápidamente : ) 

 

Read More

 

Search by Tags

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com